26 de Julho de 2020 às 15h46

“Governo Bolsonaro me usou como desculpa”, diz Moro sobre discurso anticorrupção

Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro disse que o governo de Jair Bolsonaro usou sua imagem para passar a impressão de que medidas anticorrupção estariam sendo tomadas.

“Eles estavam usando minha presença como uma desculpa, então eu saí. A agenda anticorrupção tem sofrido reveses desde 2018”, afirmou Moro.

Indagado sobre o inquérito que apura se Bolsonaro interferiu politicamente na Polícia Federal, Moro comentou: ”Ele mudou o diretor da Polícia Federal sem pedir minha opinião e sem uma boa causa. Não acho que dá para combater corrupção sem respeitar a lei e a autonomia das instituições que investigam e denunciam crimes”.

Moro também fez críticas à aproximação de Bolsonaro com o Centrão, por meio da distribuição de cargos da administração federal para indicados por caciques partidários. “No começo, o governo parecia evitar esse tipo de prática, mas hoje em dia não tenho tanta certeza”, comentou o ex-ministro.