30 de Julho de 2020 às 19h26

Alckmin vira réu por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa 2

A Justiça Eleitoral de São Paulo aceitou a denúncia do Ministério Público contra o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e caixa dois.

Segundo a acusação, Alckmin teria recebido R$ 11,3 milhões da Odebrecht, durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2014 ao governo do estado de São Paulo pelo PSDB. O ex-governador foi citado por três delatores do grupo.

Fonte: G1/São Paulo