16 de Julho de 2020 às 18h03

Alckmin é indiciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e caixa dois

Ex-governador de São Paulo é acusado por valores recebidos da Odebrecht

A Polícia Federal indiciou Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e caixa dois, com base nos acordos de colaboração premiada feitos por executivos do Grupo Odebrecht com a Lava Jato.

De acordo com a PF, eles teriam recebido propina em troca de favorecer a empreiteira em contratos do Rodoanel e da Linha 4 do Metrô de São Paulo.

O inquérito será encaminhado encaminhado ao Ministério Público Eleitoral.