21 de Julho de 2020 às 19h54

“Instituições como o Congresso e STF estão devendo no combate à corrupção”, afirma Deltan Dallagnol

Em live organizada pela Revista Istoé, o procurador da República e coordenador da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, comentou sobre as dificuldades que o Congresso, o Supremo Tribunal Federal (STF) e outras instituições criam para investigar e punir casos de corrupção no Brasil.

De acordo com o procurador, a Lava Jato trouxe esperança na luta contra corrupção, mas dificilmente o combate à corrupção avançará se a legislação não for alterada para garantir que criminosos que cometam esse tipo de crime sejam presos.

“A Justiça tem a mão leve com os poderosos no Brasil. Várias instituições, como o Congresso e o Supremo, estão devendo no combate à corrupção. Espero que o Congresso tome uma postura mais firme contra a corrupção a favor da prisão em segunda instância, que é extremamente importante no combate à corrupção”, afirmou o procurador.

Assista abaixo a íntegra da live:

Fonte: IstoÉ