04 de Agosto de 2020 às 16h48

Após decisão do STF, Alerj forma nova comissão para impeachment de Witzel

Atendendo à decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) definiu nesta terça-feira (4) como será a nova composição da comissão especial formada para analisar o processo de impeachment aberto contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

Para atender aos critérios de proporcionalidade estabelecidos pela decisão de Toffoli, o número de integrantes da comissão saltou de 25 para 39 parlamentares.

No último dia 27, o ministro atendeu um pedido feito pela defesa do governador para que a comissão do impeachment fosse refeita. Os advogados de Witzel alegavam que a composição do grupo desrespeitou regras estabelecidas pelo próprio Supremo. Os advogados citaram como exemplo a comissão especial que analisou o pedido de impeachment aberto contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Veja