04 de Agosto de 2020 às 18h16

Segunda Turma do STF tira delação de Palocci de ação contra Lula em caso da Odebrecht

Com os votos dos Ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, a Segunda Turma do STF determinou nesta terça-feira (4) a retirada de trecho da delação de Antonio Palocci da ação em que Lula é acusado de receber imóvel de R$ 12 milhões da Odebrecht para construir a sede do seu instituto.

O placar da votação foi 2 x 1. O Ministro Edson Fachin foi voto vencido e os Ministros Celso de Mello e Cármen Lúcia não participaram da sessão.

Os advogados de Lula argumentaram que Sergio Moro quebrou sua imparcialidade quando incluiu o depoimento do ex-ministro, e removeu o seu sigilo, nas vésperas das eleições de 2018.

Fonte: O Antagonista