11 de Agosto de 2020 às 07h57

União é condenada a pagar R$ 59 mil por ofensas de Gilmar Mendes a Deltan Dallagnol

A Justiça condenou a União a pagar R$ 59 mil por ofensas do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, ao coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol.

No processo, Dallagnol alega que sofreu “reiteradas ofensas” do ministro. Além de citações no Plenário do Supremo, os advogados do procurador citaram algumas entrevistas de Gilmar Mendes.

Procurado, o gabinete do ministro Gilmar Mendes informou que não se manifestará sobre o caso.

A defesa de Deltan, por sua vez, afirmou apenas que “ninguém está acima da lei”.

Fonte: G1/Paraná