25 de Agosto de 2020 às 20h55

Mesmo com placar em 2 a 2, Segunda Turma anula condenação de Moro

Nesta terça-feira (25), a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal anulou a condenação do doleiro Paulo Roberto Krug por suposto esquema de fraude no antigo Banco do Estado do Paraná (Banestado). A sentença havia sido definida pelo então juiz Sergio Moro.

Os ministros do STF julgaram um recurso da defesa do doleiro. Segundo os advogados, Moro agiu de forma irregular ao colher depoimentos durante a verificação da delação premiada de Alberto Youssef, e ao juntar documentos aos autos depois das alegações finais da defesa – a última etapa de manifestação das partes no processo antes da sentença.

Os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votaram pela anulação da sentença. Edson Fachin e Cármen Lúcia votaram pela manutenção, mas neste caso, o placar de 2 a 2 favoreceu o doleiro, que teve sua condenação anulada.

Fonte: G1/Política