26 de Agosto de 2020 às 17h59

AGU recorre no STF contra suspensão de processos de Deltan no CNMP

Nesta quarta-feira (26), a Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu da decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu dois processos em tramitação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) contra o procurador Deltan Dallagnol. Um destes processos tenta retirar o coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná.

São dois os procedimentos contra Dallagnol em tramitação no CNMP:

No primeiro, um processo disciplinar apresentado pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que argumentou que Dallagnol fez campanha na internet para atacá-lo, influenciando nas eleições para presidente do Senado.

No segundo processo, um pedido de remoção apresentado pela senadora Kátia Abreu (PP-TO), em que ela afirma que o procurador já foi alvo de 16 reclamações disciplinares no conselho e pede para que Deltan seja removido da função de coordenador da força-tarefa da Lava Jato.

Fonte: G1/Política