09 de Setembro de 2020 às 15h56

Partido expulsa ex-prefeito de Cocal que disse “não ter roubado tanto” quanto sucessor

O PTB decidiu expulsar do partido o ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, após declaração uma polêmica. Em convenção do MDB no último domingo (6), o ex-prefeito disse que “não roubou tanto quanto” quanto o seu sucessor, Rubens Vieira (PSDB). 

Monção foi eleito prefeito da cidade nos anos de 1992, 2000, 2004 e foi preso duas vezes, em 2009 e 2015.

O presidente da sigla no estado, João Vicente Claudino, disse que com as declarações o ex-prefeito tornou-se um réu confesso e que agiu como se estivesse em um “campeonato de desvio de dinheiro público”.

Fonte: G1