25 de Setembro de 2020 às 13h40

Lava Jato denuncia Wassef e mais 4 por peculato e lavagem de dinheiro

Nesta sexta-feira (25), a Lava Jato do Rio de Janeiro denúnciou Frederick Wassef e outras 4 pessoas pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Wassef foi advogado da família Bolsonaro e ficou conhecido nacionalmente após a prisão de Fabrício Queiroz,  encontrado pela Polícia Federal em uma casa que pertence ao advogado e que estava registrada como seu escritório de advocacia.

A denúncia é um desdobramento da Operação E$quema S, que mirou um suposto esquema de tráfico de influência com escritórios de advocacia.

Também foram denunciados Orlando Diniz; o empresário Marcelo Cazzo, que teria apresentado Wassef para o grupo; e as advogadas Marcia Carina Castelo Branco Zampiron e Luiza Nagib Eluf.