25 de Outubro de 2020 às 10h21

Beneficiários do Auxílio Emergencial e do Bolsa Família doaram R$ 23,8 milhões para candidatos

Mais de 23 mil beneficiários de programas sociais como Auxílio Emergencial e Bolsa Família fizeram doações para candidatos a prefeito e vereador. As doações somam R$ 23,8 milhões, diz o levantemento feito pelo O Globo, que cruzou dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Ministério da Cidadania.

A mediana das doações é de R$ 650, valor superior a uma parcela do Auxílio Emergencial. Entretanto, esta mediana tende a aumentar, uma vez o prazo para a prestação de contas se encerra hoje (25) e muitos deixam para fazê-la no último dia do prazo.

Apesar dos valores, a doação não é irregular, desde que não ultrapasse 10% da renda do ano anterior. Mas, se comprovada a falta de capacidade econômica de doadores inscritos no cadastro, o candidato pode ter o registro indeferido. Há casos de candidaturas cassadas pela Justiça Eleitoral por essa razão.

O Tribunal Superior Eleitoral planeja uma parceria com Receita Federal, Tribunal de Contas da União, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Ministério Público e Polícia Federal para investigar esses casos.

Fonte: O Globo