28 de Outubro de 2020 às 10h46

Defesa de Flávio Bolsonaro quer que PGR investigue a Receita Federal

A defesa de Flávio Bolsonaro apresentou um pedido para que a PGR investigue supostas ilegalidades cometidas por funcionários da Receita Federal na investigação contra o senador, e que o Serviço de Processamento de Dados do governo federal (Serpro) informe a identificação dos servidores que acessaram informações fiscais de Flávio e de sua mulher, a dentista Fernanda Bolsonaro.

O documento foi enviado a Augusto Aras na noite desta segunda-feira. Os procuradores da equipe de Aras estão analisando os pedidos. Esta foi a acusação levada pela defesa de Flávio em 25 de agosto a Jair Bolsonaro e ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI).

Desde que procurou o GSI, a defesa e o próprio Flávio Bolsonaro têm feito uma peregrinação por órgãos do governo em busca das provas que sustentassem essa tese e anulassem o caso Queiroz.

Fonte: Época